Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Frank Cavaquim

Brito-Semedo, 5 Jan 13

 

Frank Cavaquim.jpeg

 

 

Francisco Vicente Gomes nasceu em Santo Antão a 3 de Julho de 1927.

 

Na sua infância em S. Vicente, para onde veio viver com a família, cedo começou a fazer parte de pequenos conjuntos, tendo convivido com quase todos os músicos de S. Vicente.

 

Puseram-lhe o nome de Frank Cavaquim por ser exímio tocador desse instrumento.

 

Era conhecido pelas belíssimas coladeras, pois tinha facilidades e tempo para observar o dia-a-dia mindelense, as peripécias do amor, as suas “riolas” e as suas rivalidades.

 

Nos anos 60 emigra para a Holanda tendo participado em vários conjuntos cabo-verdianos com destaque para o conjunto "Voz de Cabo Verde".

 

Era uma figura humilde e discreta, de rara sensibilidade revelada nas poucas mornas que produziu. Porém, de uma aguçada e perspicaz ironia, fazendo dele um dos mais sarcásticos letristas e compositores de coladera.

 

Viria a falecer em Mindelo a 5 de Maio de 1993 deixando imensas saudades em todos aqueles que o conheceram.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

18 comentários

De Raquel gomes a 07.01.2013 às 12:31

OBRIGADA A TODOS PELAS BONITAS PALAVRAS QUE DESCREVERAM O MEU PAI, FOI UM EXCELENTE PAI A SUA MANEIRA, AMIGO DA SUA FAMÍLIA , AMIGO DOS NOSSOS AMIGOS ENFIM QUE DEUS LHE TENHA NUM CANTINHO BEM PROTEGIDO.
RAQUEL GOMES

De Joaquim ALMEIDA (Morgadinho ) a 07.01.2013 às 16:50

Por motivos alheios à minha vontade , eu ia deixando passar em branco esta figura cabo-verdiana , que foi o Franck Cavaquinho , com quém convivi desde os tempos da orquestra "benitòmica " de " Fefa de Carmo" , com o excelente trompetista , " Djack Estrelinha" , que muito admirei e com êle aprendi , amelhorrando o meu som de trompete ; falando de Franck Cavaquinho eu podia deixar de falar desses dois grandes mùsicos , nao esquecendo também o " Goy " , mas o Franck , para além de ter sido bom tocador de cavaquinho , foi também bom baterista e num momento oportuno , pois foi com o Franck, um dos fundadores , que a Voz de Cabo Verde nasceu , sem o qual , - elemento imprescindivel num conjunto - , este legendàrio conjunto , teria muitas deficuldades em existir.. Mais uma vez agradeço esta Esquina , pelo seu rico arquivo , que nos convida a voltar no tempo , fazendo-nos reviver com grandes figuras que fizeram algo de grande importância para o nosso pais .
Um Criol na Frânça ;
Morgadinho .

De Marcelina Herminia Rodrigues a 09.01.2013 às 12:59

[Error: Irreparable invalid markup ('<p [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<p class="incorrect" name="incorrect" <a="">Ola Esquina do Tempo.</p> Quero por este meio deixar o meu humilde comentario sobre o Frank Cavaquinho <br />O Frank Cavaquinho era meu patrasto,e lembro-me que eu ia levar-lhe o almoço no seu posto de trabalho onde se vendia agua estando eu ali com ele veio um sr. a pedir-lhe uma morna   creio porque havia falecido um familiar dos Matos se nao estou em erro e ele compos a morna ETERNIDADE BO E TRISTE <br /> Tenho boas recordaçoes de quando chegou por primeira vez a VOZ DE CABO VERDE  e actuou no Eden Parque nos os familiares dos integrantes do grupo estavamos sentados na primeira fila disfrutando daquela boa musica<br /> Eu e a minha mae Deolinda da Graça Ferreira (Djul ou Deolinda de Frank Cavaquinho).<br /> Ele era muito meigo foi um verdadeiro pai para mim lembro-me que estava quase sempre rolando o cordao metalico do chaveiro nos dedos sempre sorrindo nuca o vi zangado.Tambem nao vai sair da minha memoria aquando eu estava no sul de portugal na casa da minha tia Tia Titina Rodrigues esperando os papeis e passagem e ja fazia dois anos para vir para argentina ,e Frank vio a visitarme com praticamente todos os integrantes da Voz de Cbo Verde e ao pouco tempo eu viajei para Argentina<br /> e ja la vao 42 anos e nunca mais o pude ver.<br /> a meu pedido e da minha familia Fizemos nossa pequena homenagem em conjunto com a Associaçao Amigos das Ilhas de Cabo Verde de Argentina a ele quando em 1997instalamos em Porto Novo uma radio de FM durante 30 dias com o nome de radio Frank Cavaquinho.<br />

De Brito-Semedo a 09.01.2013 às 13:47

A Esquina agradece os depoimentos e os comentários dos familiares e amigos do Frank Cavaquim. Um bem haja a todos!

Comentar post

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Anónimo

    Vénias minhas.

  • Anónimo

    Fico agradecido com a sua resposta.Estamos no exer...

  • Brito-Semedo

    Estimado Domingos Andrade,Muito obrigado por se te...

Powered by