Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

 

ONE.__SILVEIRA.JPG

 

 

Onésimo Silveira

 

Mindelo, 10.Fev.1935 – 29.Abr.2021 

 

 

"Ao tentar pôr em relevo a singularidade da obra de Onésimo Silveira, desde uma poesia humanista e profunda a um trabalho de alto recorte analítico que a completa (especialmente em África ao Sul do Sahara mas também em A democracia em Cabo Verde), estou a falar de um pensador original e de primeiro plano no espaço de língua portuguesa, e mesmo para lá deste no que concerne ao tratamento teórico interdisciplinar dos problemas do 'desenvolvimento'”.

 

– Adelino Torres, Professor Catedrático jubilado da Universidade Técnica de Lisboa

in "Elogio do escritor caboverdiano Onésimo Silveira", 2012

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

20210328_144810.jpg

Ninguém nasce no dia que viria a ser o da mulher Cabo-verdiana impunemente!

 

Dina Salústio nasceu Bernardina Oliveira em Santo Antão, no dia 27 de Março de 1941.

 

Comemorou, assim, os seus 80 anos, coincidentemente, no Dia da Mulher Cabo-verdiana, efeméride que se assinala há quarenta anos e que encontra na Escritora e Poeta a sua mais legítima representante. Aliás, ninguém nasce no dia que viria a ser o da mulher Cabo-verdiana impunemente!

 

Paralelamente à sua atividade de escritora, Dina Salústio foi professora, assistente social e jornalista em Cabo Verde, assim como em Portugal e em Angola. Dirigiu também um programa de rádio dedicado a assuntos educativos e foi produtora de rádio. Trabalhou ainda para o Ministério das Relações Exteriores de Cabo Verde.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Anónimo

    Vénias minhas.

  • Anónimo

    Fico agradecido com a sua resposta.Estamos no exer...

  • Brito-Semedo

    Estimado Domingos Andrade,Muito obrigado por se te...

Powered by