Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

 

Teobaldo 1.jpg

 

Teobaldo Virgínio Nobre de Melo era natural da Ponta do Sol, Ribeira Grande de Santo Antão, onde nasceu a 21 de Maio de 1924. Autor de vasta obra poética e ficcional, inspirada em Santo Antão, sua ilha natal, morreu no passado dia 03 de Dezembro, em Boston, EUA, onde residia havia várias décadas.

 

Membro da Academia Cabo-verdiana de Letras, tinha 96 anos, o que fazia dele o decano das letras crioulas. Em nota de pesar, o presidente Jorge Carlos Fonseca diz lamentar a morte de Teobaldo Virgínio, “figura que encarnava o modelo do intelectual cabo-verdiano do seu tempo: homem viajado, conhecedor do mundo, escritor e amante do seu torrão natal”.

 

Publicou o seu primeiro livro, Poemas cabo-verdianos, em 1960. No mesmo ano, publicou alguns poemas na revista Claridade, nº 9, juntamente com Arnaldo França, Jorge Pedro Barbosa, Virgílio Pires, sendo por isso considerado um claridoso de última vaga. Foram, ao todo, doze volumes publicados.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Testamento.jpg

Existe uma relação directa entre as elites intelectuais e a sua produção literária e o sistema dos regimes políticos vigentes no Cabo Verde independente – o Regime Político instaurado com a Independência e o Novo Regime Político instituído nos anos 90 e as Liberdades Individuais.

 

Regime Político Instalado com a Independência versus Elite Intelectual

 

A forma de luta política desencadeada no arquipélago a seguir ao 25 de Abril de 1974, sobretudo na ilha de São Vicente, e o processo de independência nacional com o projecto da unidade Guiné-Cabo Verde, com a instalação de um regime de partido único (PAIGC), de orientação marxista, hostilizou a elite intelectual claridosa, que se desmobilizou e ou dispersou-se. O romance Entre duas Bandeiras, de Teixeira de Sousa, publicado em 1994, retrata esse período conturbado vivido na época.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

  • Pedro Lima

    Esquina do Tempo, magistralmente criado por Dr. Br...

  • Anónimo

    Vénias minhas.

  • Anónimo

    Fico agradecido com a sua resposta.Estamos no exer...

Powered by