Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

 

Emigrantes.jpg

 

Situado ao largo do cabo mais ocidental do continente africano, a geografia colocou as ilhas de Cabo Verde no caminho directo dos navios baleeiros que navegavam em direção aos cabos do sul.

 

Os baleeiros americanos de New Bedford começaram a visitar as ilhas, primeiro em São Nicolau, através do Porto da Preguiça, nos anos 1790 e desenvolveram um comércio mais regular no início do século XIX, principalmente para frutas, bem como animais, porcos, galinhas e cabras. Por vezes, cabo-verdianos que estavam disponíveis, juntavam-se à tripulação, procurados deliberadamente por capitães de navios baleeiros que queriam preencher as faltas nas suas tripulações. Agentes baleeiros de New Bedford, instruíam os seus mestres para transferirem o óleo entre navios, para New Bedford, em “Cabo dos Verdes”.

 

A pesca da baleia proporcionou aos cabo-verdianos diversos meios não só para ganhar a vida mas também se destacarem.

 

Os homens das ilhas, na esperança de escaparem da seca e da fome, deixavam a sua terra, “atirando-se para os braços da sorte“, emigravam para a Nova Inglaterra à boleia de um conveniente baleeiro de passagem. Uma vez desembarcados em New Bedford as oportunidades estavam abertas para pessoas dispostas a trabalhar.

 

Manuel Brito-Semedo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

subscrever feeds

Powered by