Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

 

ilhadosal_rua.jpg

 

Nos últimos anos a ilha do Sal tem-se revelado como um verdadeiro polo cultural. Possui grandes nomes no domínio da música como Alcides Spencer Brito, Antero Simas, Nhelas Spencer, Nazálio Fortes (compositores); Tututa Évora, Taninho Évora, Tazinho, (instrumentistas); Antoninho Lobo, Marino Silva, Hermínia, Ildo Lobo, Mirri Lobo, Sãozinha Fonseca, Maria Alice (intérpretes).

 

O escritor Evel Rocha deu estatuto literário à ilha. A sua mais recente obra que é Belga, um livro de memórias em forma de romance que conta a história da vila de Santa Maria, numa viagem no tempo desde o seu começo até aos dias actuais.

 

Belga foi o primeiro hotel que começou a funcionar na ilha, em 1963, com a chegada da família Vynckier ao Sal, e foi o primeiro empreendimento turístico a nível nacional.

                            

O livro é o segundo volume de uma trilogia que Evel Rocha se propôs a escrever. O primeiro foi Campo da Fortuna, que conta a história dos Espargos e do Aeroporto. O próximo livro vai ser sobre Pedra de Lume.

 

A ilha do Sal também está na vanguarda da promoção do livro e da leitura com a realização do único festival literário de Cabo Verde, o  Festival Literatura-Mundo do Sal que já vai na sua quarta edição.

 

Manuel Brito-Semedo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

Powered by