Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

 

PontaSol.jpg

 

 

A ilha da Madeira, em Portugal, descoberta em 1419 e colonizada seis anos depois, tem uma freguesia que se chama Ponta do Sol sendo que, conforme o cronista Gaspar Frutuoso, no Saudades da Terra, escritos do séc. XVI, “(…) Ponta do Sol se chama assi por ter uma ponta ao Occidente da villa que tem o parecer… aonde também dá o sol primeiro que na villa quando nace”.

 

Gentes da Madeira que chegaram a Santo Antão nos séculos XVII e XVIII para a cultura da cana do açúcar deram o nome de Ponta do Sol a uma localidade muito parecida com uma da sua ilha, “uma ponta onde dá o Sol primeiro”.

 

Ponta do Sol ficou eternizada numa belíssima morna, letra de António Caldeira Marques, música de Jacinto José Estrela:

 

Ponta do Sol meu terno berço

Sinto que as tuas rochas altivas

Gritam nos ares no céu de anil    

Lugar mais lindo não pode haver

 

Na Rocha Grande sobre o luar

Visão tão bela jamais terei

Enquanto as ondas beijam rochedos

A Vila dorme e o mar murmura

 

Paisagem simples, franca e amiga

Numa ribeira num milheiral

A sua gente um povo humilde

Afoga as mágoas no mar bravio

 

Manuel Brito-Semedo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Esquecer!? Ninguém esquece…
Suspende fragmentos na câmara escura, que se revelam à luz da lembrança...

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Jornalista e Poeta Eugénio Tavares

Comunidade

Powered by